Copa do Nordeste terá 30 pessoas por clube e será disputada em Salvador

July 8, 2020

A indefinição do Governo de Pernambuco, em relação à volta do futebol no estado, foi o ponto chave para que Salvador fosse escolhida como sede da Copa do Nordeste 2020. Vista como favorita ao páreo, a capital pernambucana caiu fora da disputa após a entrevista do secretário de saúde do estado, André Longo, que não deu prazo para liberação dos jogos. Ali, a decisão foi tomada. Os clubes pernambucanos e cearenses ainda tentaram mudar a definição, mas faltava o básico: apoio do poder público. As informações são do repórter Elton de Castro, do portal Globo Esporte, de Recife.

 

Atualmente, a Bahia tem os mais brandos indicadores de saúde referente à Covid-19, se comparada à relação com número de habitantes. Com isso, está em condições mais adequadas do que Pernambuco. Sem liberação do governo e com números elevados em relação à doença, Ceará era visto como a última opção possível.

 

Com o afago da capital baiana, restava definir a logística e garantir o aval das autoridades sanitárias. Liberações que foram enviadas na manhã da última segunda-feira.

 

No acordo, ficou definido que as equipes viajam para Salvador a partir deste domingo. A ideia é garantir, pelo menos, uma semana de treinamento para os clubes que não possuem liberação para atividades presenciais em suas cidades, caso de ABC e River-PI. Assim como garantir um período de isolamento para as demais agremiações. No entanto, caberá a cada clube definir a data da viagem.

 

Com a hospedagem paga pela Liga do Nordeste, cada equipe terá direito a 30 testes. Caso queiram levar mais pessoas em suas delegações, os testes excedentes serão custeados pelos clubes.

 

"Cada clube terá 30 testes e nossa ideia é fazer a testagem antes dos jogos. A ideia é garantir essa questão, para que as equipes não tenham esse custo",  disse o presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha.

 

                                                                                                                                                                                                            Foto: Arte GE

 

 

Embora tenha cinco datas para serem disputadas, a Copa do Nordeste será finalizada num período de duas semanas, utilizando nove dias para as partidas. A última rodada da primeira fase acontece nos dias 21 e 22 de julho. Com jogos únicos, as quartas de final serão disputadas entre 25 e 26 do mesmo mês, as semifinais em 29 e 30. As finais serão disputadas nos dias 2 e 4 de agosto.

 

Com o Brasileiro da Série A iniciando no dia 9 de agosto e os da Série B e C começando dia 8, ficou acertado com a CBF que o clube que chegar à final terá um dia a mais antes da estreia no campeonato nacional.

 

No caso, se estiver na Série B ou C, a tendência é que jogue no sábado (dia 9). Caso esteja na Série A, o clube atuará nos jogos do domingo.

 

A decisão de jogar em Salvador não agradou aos clubes de Pernambuco e Ceará, que esperavam ter uma folga na logística, visto que vislumbram a volta dos respectivos estaduais. No entanto, pelo acordo firmado com a Liga Nordeste, todas as equipes acataram a escolha da capital baiana.

 

Na nova configuração, com sede única, quatro estádios receberão a reta final da competição. Caso do Barradão, Pituaçu, Fonte

Nova e Joia da Princesa, em Feira de Santana. Este último receberá um jogo, na rodada final da primeira fase. Os treinos, por sua vez, acontecerão no Cidade Tricolor (CT do Bahia), complexo do Barradão, CT do Fazendão (também do Bahia) e CT do Bahia de Feira.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário