FNF avisa que não irá bancar testes de Covid para os times

June 27, 2020

A Federação Norterio-grandense de Futebol (FNF) não irá assumir os custos dos testes para coronavírus, que terão de realizados pelos clubes quando o futebol for retomado para a conclusão do Campeonato Estadual. O presidente da entidade, José Vanildo, disse que essa responsabilidade é exclusiva da direção das equipes.

 

“Não existe nenhum regulamento prevendo que a FNF deve se responsabilizar por esses gastos, que entendo serem dos próprios clubes. Na medida do possível e, dentro de suas condições, podemos até realizar algum tipo de parceria e prestar o auxílio, mas ficar responsável pelos gastos, jamais”, afirmou o dirigente a reportagem da Tribuna do Norte.

 

“As equipes quando assinam o regulamento de uma competição se comprometem a obedecer as regras, então passou ser uma exigência nova e, aquele que não obedecer, não realizar os exames necessários, vão ser impedidos de jogar e perderão por WO”.

 

A afirmativa do dirigente da FNF é diferente da decisão já anunciada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela Liga do Nordeste, que vão assumir a responsabilidade pelos testes de Covid-19 nos times inseridos nas competições organizadas por essas entidades.

 

No entendimento do presidente da FNF, a situação dos clubes estaduais não é diferente em relação aos times das demais regiões brasileiras, onde as federações não vão assumir os gastos dos seus filiados. José Vanildo afirmou que não há consenso entre as entidades estaduais em assumir tal gasto devido todas elas estarem passando por uma situação financeira delicada em face à pandemia.

 

“Na medida do possível, jamais irei me furtar em prestar auxílio a algum filiado, mas existem responsabilidades que são dos clubes mesmo”, disse.

 

E AGORA?

 

Diante do que afirmou o presidente da FNF, o Campeonato Potiguar pode correr risco de ter sérios problemas quando tiver sua retomada autorizada, a menos que a CBF decida bancar os exames para todos e não somente para aqueles times que irão disputar o Campeonato Brasileiro.

 

As equipes não têm a menor condição de arcar os custos com testagens determinados em protocolo da CBF e também da própria FNF, já que será grande a quantidade de testes para coronavírus que terão de ser utilizados nos profissionais envolvidos em uma partida.

 

Há semanas, o vice-presidente do ABC, Gustavo Cartaxo, afirmou que os custos são “algo impensado” para a realidade atual não só do ABC, mas como de muitas equipes.

 

“Só na primeira semana de treino se gasta R$ 20 mil. Além do custo diário, salário, hospedagem, mais esse custo com os testes...É algo impensado para o momento, eu falo da dificuldade do meu clube, mas imagina um clube de menor expressão que o ABC, como vai cumprir o protocolo?”, indagou ele.

 

                                                                                                                                                             Foto Yuri Seabra

                                    José Vanildo disse que o time pode sofrer WO se não realizar os exames

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário