Reunião atualiza presidente interino sobre real situação do Assu

June 19, 2020

A diretoria do Assu esteve reunida no início desta semana para discutir assuntos burocráticos. Na ocasião, o presidente interino Willame Dantas ficou a par da real situação do time e dos desafios que terá pela frente quando o futebol tiver sua volta autorizada pelas entidades sanitárias.

 

Agora, Willame responde pelo clube em decorrência do afastamento do presidente Pedro Cavalcante. Por ser ano de eleições municipais e pode presidir um partido politico, Pedro foi afastado por recomendação jurídica.

 

“Foi uma reunião mais para fazer uma explanação sobre o time neste primeiro semestre e tomar posse. O presidente afastado participou (Pedro) e demonstrou muita transparência ao falar da situação e de algumas coisas pendentes que precisam ser resolvidas, as quais a gente vai tentar sanar dentro de um prazo curto possível, isso para não atrapalhar o planejamento do time para 2021”, disse Willame à imprensa de Natal.

 

 

 

 

O Campeonato Potiguar parou no dia 18 de março por decreto de isolamento social determinado pelo Governo do RN em função da pandemia da Covid-19. Até a paralisação, o Assu brigava contra o rebaixamento.

 

A Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF) afastou qualquer possibilidade de cancelamento, afirmando que a competição será concluída no campo. O América defende o retorno das atividades, com base em medidas de segurança para evitar transmissão do vírus, enquanto o Santa Cruz sugere que o retorno do Estadual ocorra só final do ano, servindo de pré-temporada para os times para a edição do campeonato de 2021.

 

Diante deste cenário, Willame Dantas foi indagado qual a posição do Assu: “Quanto a isso, a gente vai se reunir com a diretoria para discutir e vê o que é o melhor para o clube, mas a gente precisa ouvir outros presidentes, também saber deles sua posição, para depois tomarmos a nossa”, comentou o dirigente, admitindo que a proposta do Santa Cruz merece consideração.

 

“É uma proposta boa, até porque nosso time já foi desfeito desde março. Isso faria reduzir as despesas, pois a montagem da equipe já serviria para a competição seguinte”, concluiu.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário