Efeito coronavírus: CREF-RN adota medidas às academias

March 19, 2020

Ambientes fechados como academias podem ser considerados locais de fácil disseminação de qualquer vírus, mas o Conselho Regional de Educação Física da 16ª Região (CREF/RN) informa que não será necessária o fechamento das academias. O Cref recomenda que os donos de academias devem adotar medidas preventivas de combate à transmissão do coronavírus, mas lembra ter recomendação das autoridades governamentais para fechar os estabelecimentos caso as normas de prevenção não sejam cumpridas. 
 

“Foi publicada uma carta de recomendação do Confef (Conselho Federal de Educação Física) que o fechamento das academias é de responsabilidade dos proprietários, mas nós temos recomendações do Governo do Estado e da Prefeitura de Mossoró para o fechamento dos estabelecimentos caso eles não consigam cumprir as determinações relacionadas à higiene”, informou Franklin Soares, que é o presidente da Comissão de Orientação e Fiscalização do Cref. 
 

Ele citou algumas medidas preventivas, como “manter o álcool gel 70, ser feita a devida assepsia com a ampliação do trabalho de limpeza dos equipamentos; todas as vezes que alguém utilizar uma máquina imediatamente essa máquina seja limpa para que outra pessoa possa usá-la; seja obedecido também o espaço mínimo de dois metros quadrados entre os alunos; e que o ar seja renovável e arejado em ambiente com boa ventilação”.
 

Segundo ele, não há necessidade de momento de fazer a fiscalização nas academias, porque quase todas elas estão decidindo suspender as atividades por um certo tempo.
 

“Não vai haver (fiscalização), até porque basicamente 100% das academias de Mossoró estão aderindo à suspensão, e no Rio Grande do Norte, esse movimento está ganhando força, então isso inviabilizaria qualquer tipo de fiscalização”.
 

No entanto, o educador físico ressalta que a pratica dos exercícios não deve ser interrompida, pois é primordial para manutenção da saúde, mas agora com os devidos cuidados. 
 

“Não podemos esquecer que, em meio a tudo isso, há necessidade de cuidar com a saúde, parar de vez as atividades físicas pode trazer um prejuízo com relação a nossa imunidade, então temos que manter a nossa imunidade alta. Dai a necessidade de mantermos a pratica dos exercícios físicos, podendo sendo feita em casa, nas ruas, evitando as aglomerações”, disse.
 
CONFIRA AS PRINCIPAIS RECOMENDAÇÕES:

 

- Higienizar os equipamentos de uso comum em cada troca de usuário 
- Impedir a aglomeração em espaços que tenham menos de dois metros quadrados por pessoa e orientar que cada uma delas fiquem a, pelo menos, um metro de distância umas das outras. 
- Em caso de identificação de pessoas com suspeita de contaminação, o ideal é orientar a interrupção da atividade e encaminhar a pessoa para atendimento em unidades de saúde.
- Aulas de lutas e outros esportes de combate, o melhor é fazer atividades sem contato físico.
- Realizar aulas coletivas com grupos pequenos. Uma possibilidade é tentar realizar essas atividades ao ar livre

 

 

                                                                                                                                                                                    Foto Divulgação CREF RN

                                               Academias devem adotar medidas preventivas de combate à disseminação do vírus 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário