Novo técnico do Assu diz que time precisará tirar 'sangue de tapioca' para seguir na elite

January 30, 2020

O novo técnico do Assu, Jorge Luiz, chegou prometendo trabalho e mudança de atitude do time para a sequência do Campeonato Estadual. O novo treinador chega com a missão de manter o “Camaleão do Vale” na primeira divisão do futebol potiguar. 

 

“Vamos trabalhar forte, buscar as melhoras, tirar ‘sangue de tapioca’ para no mínimo ficarmos na primeira divisão”, disse o treinador em entrevista ao radialista Lucílio Filho, da FM Princesa do Vale.

 

Durante a entrevista, o treinador paraibano disse que, logo de cara, fez cobranças aos atletas principalmente no quesito disciplinar. As expulsões que atrapalharam, em parte, o time durante a primeira fase da competição, segundo Jorge Luiz, vão acabar.

 

“Cobrei para acabar as expulsões, não há mais espaço para expulsão boba no futebol moderno, todo planejamento, a parte tática, vai por água abaixo. Quando se tem um atleta expulso, imediatamente não tem o que fazer, senão formar duas linhas de quatro e levar o sufoco, a pressão do adversário. Isso vai acabar. Disse aos jogadores que eu tenho que ter a confiança do atleta, ele não pode levar cartão amarelo ou vermelho de forma boba, se fizer isso, vai perder a minha confiança e não joga mais comigo. Tem que ter esse compromisso, essa atitude, entender que não pode cair em armadilhas do jogo porque isso só enfraquece o Assu e fortalece o adversário”, comentou o treinador, adiantando que teve uma conversa séria com os atletas.

 

“Permita-me o palavrão, vocês fizeram essa m... aí no primeiro turno, então eles mesmos vão ter que desfazer. Um time que está pagando, uma cidade deste tamanho e com a torcida que tem, não pode estar vivendo uma situação como esta. Trabalhar forte para modificar isso no segundo turno. No mínimo, uma das tarefas que a gente tem é permanecer na primeira divisão.”

 

Jorge Luiz “põe a mão no time” a partir desta quinta-feira (30), quando inicia os trabalhos visando o fortalecimento da equipe para o segundo turno. Nesta quarta-feira à noite, 29, ele apenas observou a equipe, que foi orientada pelo auxiliar Damião Oliveira, no duelo contra o ABC, quando o Camaleão foi goleado por 5x0. Na tabela, o Assu soma apenas três pontos, resultado de três empates, e coleciona quatro derrotas, passando a conviver com o fantasma do rebaixamento.

 

No entanto, o novo treinador sabe que o fortalecimento do time depende também da chegada de reforços, atletas mais experientes. Apesar dos problemas financeiros, a diretoria tenta trazer os reforços. O lateral esquerdo e meia, Leandro Mendes, pode ser um deles. O jogador é indicado de Jorge Luiz e já esteve no futebol estadual, defendendo o Potiguar de Mossoró, isso em 2017.

 

                                                                                                                                                                                                                     

                                                                                                                                                                                                                     Foto Divulgação Assu

                           Jorge Luiz chega com a missão de tentar manter o Camaleão na elite

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário