Palmeira/RN repagina escudo e busca valorizar o pertencimento

December 5, 2019

O Palmeira/RN decidiu mudar o visual do escudo do clube. A ideia é desvincular ao máximo com o Palmeiras de São Paulo, pois o distintivo antigo se assemelhava com a equipe paulista e essa combinação não permitia o surgimento de novos adeptos ao clube em razão da rivalidade entre as torcidas.

 

O time de Goianinha, que será bancado por um grupo de empresários, contratou o profissional de Marketing Esportivo, Edson Ferrari, para fazer o planejamento de marketing e assessoria de imprensa do clube.

 

As cores verde e branca estão mantidas, mas o novo escudo apresenta um traço moderno, passando ter a data de fundação do time, a silhueta da planta palmeira, retirando o P do distintivo antigo, o qual lembrava o clube paulista. A ideia do novo visual é valorizar justamente o pertencimento a fim de aumentar o número de torcedores para o time do Agreste potiguar.

 

“O nosso primeiro ato foi tentar gerar uma identidade própria do clube, então mudamos o escudo e toda sua identidade visual. Um estudo que fizemos apontou que existem muitos torcedores da região Agreste que queriam torcer por Palmeira, mas acabam não torcendo porque são torcedores do Corinthians, São Paulo, algum clube que rivaliza com o Palmeiras lá de São Paulo, e isso afetava um pouco, o Palmeira perdia com isso. O nosso trabalho é tentar amenizar esse cenário, gerando algo próprio, de modo que o torcedor possa se sentir isento ao torcer por Palmeira sem conflitar com a equipe paulista”, explicou Ferrari, lembrando que o novo Palmeira pertence ao Agreste e não somente a Goianinha.

 

“Agora não é mais o Palmeira de Goianinha, mas sim o Palmeira do Agreste ou Verdão do Agreste.”

 

Para divulgar a marca na busca por novos adeptos às cidades vizinhas, o Palmeira fará a pré-temporada de treinamentos em São José de Mipibu, separada apenas 20 quilômetros de Goianinha. E durante o Campeonato Estadual, os treinamentos serão revezados entre essas duas cidades.

 

“De forma estratégica, o time irá para São José de Mipibu, cidade que fica próxima de Goianinha; lá o local é em uma granja, que disponibiliza de campo para treinamento, piscina, academia e chalés. Vamos garantir o máximo de conforto aos jogadores para que eles possam ter o rendimento esperado”, comentou.

 

O novo projeto que visa o Palmeira forte dentro e fora de campo, é bancado por empresários. Edson Ferrari explicou o motivo que levou esses investidores a bancar o futebol do Palmeira.

 

“Eles decidiram investir porque veem o Palmeira com potencial, um time que tem estádio e torcida. Sua contrapartida será a exposição de suas marcas na camisa e no estádio. Mas o que importa é que o sentimento desses investidores é de fortalecer o Palmeira para que ele seja um clube respeitado aqui no Estado e que venha conquistar vôos mais altos. O objetivo é o acesso Série D, a conquista de um turno, e quem sabe o título”, disse.

 

“A folha estimada ficará entre 100 e 120 mil, pois o objetivo é que o time dispute e não apenas participe da competição.”

 

A apresentação do Palmeira acontecerá nesta quinta-feira, no CT em São José de Mipibu. Na ocasião, os atletas contratados como reforços serão anunciados oficialmente. A equipe será treinada por João Menezes, conhecido no meio esportivo como “Barata”, ex-atleta que brilhou com a camisa do ABC e também no futebol espanhol na década de 90.

 

Foto Divulgação Palmeira

Novo escudo apresenta traço moderno, com data de fundação, a silhueta da planta palmeira, retirando o P do distintivo antigo

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário