‘Não sei porque a Prefeitura não nos recebe’, diz presidente do Baraúnas

July 4, 2019

O Baraúnas pretende retomar o trabalho com as categorias de base, mas para isso precisa de parcerias. O clube tem um projeto para oferecer a Prefeitura de Mossoró e, segundo o presidente Damásio Medeiros o grande problema é conseguir uma audiência com a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

 

“Não sei porque a Prefeitura não nos recebe, solicitamos uma reunião com a prefeita há mais de dois meses. Até agora, sequer tivemos um retorno; ninguém nos informa nada”, disse Damásio.

 

“A gente quer uma parceria no âmbito social, pretendemos retomar as categorias de base e, para isso precisamos oferecer um trabalho adequado ao garoto. Acredito que a Prefeitura pode dar essa contribuição, pois o nosso projeto é de tirar jovens adolescentes da rua, e esse lado social, de trabalhar o cidadão, é também dever do município”, argumentou.

 

De acordo com o dirigente do Baraúnas, a ideia é colocar a equipe no Campeonato Estadual da 2ª divisão o que depende justamente desse trabalho de iniciação.

 

“O Baraúnas vai começar do zero e precisa ter uma ‘espinha’, garimpar atletas jovens para iniciar a formação do elenco. Não temos condições de importar um grupo de jogadores”, comentou.

 

Por contas das incertezas e da falta de parceria, a participação do Leão mossoroense na “Segundona’ é uma incógnita. “Infelizmente, ainda é incerta”, admitiu o presidente do tricolor, apesar de já ter tido uma conversa preliminar com o técnico Paulo Ricardo Moroni.

 

“Eu e Armando conversamos com ele (Paulo Moroni) dia desses, ele viria por um salário simbólico por consideração a Armando, pois são amigos, viria para nos ajudar num trabalho de três meses, mas não avançou. Foi apenas uma conversa. Daremos um retorno a Moroni se conseguirmos viabilizar o time”, informou.

 

Lembrando que Paulo Moroni tem uma historia de sucesso dentro do Baraúnas. Em 2006, na campanha do título inédito do Estadual, ele era o técnico do Leão. Seu ultimo trabalho no clube foi em 2016.

 

FIM DA INTERVENÇÃO

 

Oficialmente, o Baraúnas responde através do seu Quadro Diretivo. Isso porque o juiz Edino Jales, da 1ª Vara Cível de Mossoró, acatou recentemente as eleições do clube e decretou o fim da intervenção, que durou um ano.

 

As eleições foram realizadas em maio e aclamaram Damásio Medeiros o novo presidente do tricolor, mas somente agora tiveram o respaldo do juiz.

 

                                                                                                                                                                                                                                 Foto: F9

                                                     Damásio Medeiros disse que a participação do tricolor na ‘Segundona” é incerta

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário