'Se houver culpado que seja eu', diz Sacramento sobre revés

April 12, 2019

O técnico Emanoel Sacramento fez uma análise da derrota do Potiguar para o América na decisão do 2° turno do Campeonato Estadual, realizada na noite desta quarta-feira, 10, no Nogueirão. O treinador blindou sua equipe de quaisquer questionamentos, afirmando que a culpa pelo revés é dele, até porque a “maioria das pessoas” culturalmente prefere assim.

 

“Não quero estabelecer um erro, mas se houver um culpado que seja eu, porque vejo que a maioria das pessoas precisa disso, achar um culpado. Não tem nenhum problema que seja Emanoel Sacramento, porque os rapazes deram o seu melhor dentro de campo, tentaram, até os 35 estava tudo controlado, mas não foi possível segurar os 10 minutos finais”, comentou o técnico, acreditando que a derrota se deu por pequenos detalhes.

 

“Buscamos tirar a zona de conforto deles, que era o contra-ataque por ter atletas rápidos lá na frente e laterais rápidos, e pegar eles numa estratégia de contra-ataque. Mesmo assim, tivemos a melhor chance com Jefinho, que saiu cara a cara com o goleiro, infelizmente não conseguiu finalizar com êxito; era um momento importantíssimo do jogo. No segundo tempo, o jogo estava controlado, acredito que no melhor momento do Potiguar foi quando eles fizeram o gol, numa bola despretensiosa de lateral, infelizmente nossa marcação calculou errado. Depois aconteceram as expulsos (Lucas Santos e Thiaguinho), o erro de Rafael na saída de bola, mas com oito homens já estava bem desgastado; infelizmente não conseguimos reverter o resultado.”

 

Na decisão, o Potiguar tinha vantagem do empate, não conseguiu impor o seu estilo de jogo apresentado durante o campeonato, que é valorização da posse de bola e chegada forte no ataque. No entanto, Sacramento discordou de que o seu time mudou a estratégia de jogo por conta da final.

 

“A estratégia do jogo foi a estratégia que usamos no campeonato inteiro, nunca deixamos de abdicar de jogar; praticamente todo o segundo tempo fizemos pressão, não deixamos eles sair jogando, o jogo estava controlado, mas tem uma hora que eles conseguiram sair e numa dessas saídas fizeram o gol de lateral, acontecendo o que nós não queríamos.”

 

Foto Marcos Garcia

Sacramento afirma que a culpa pelo revés é dele, até porque a “maioria das pessoas” culturalmente prefere assim

 

 

 

.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário