Time misto seria desmerecer chance por acesso a Copa BR já no domingo

April 1, 2019

O Potiguar está na final do 2º turno com o América, mas antes terá de cumprir jogo com o Santa Cruz de Natal. O alvirrubro tem nove atletas pendurados: os zagueiros Júlio Pit e Rafael Lima, o volante Jair Pitbull, os meias Giovanni, Marielson e Mikael, o goleiro Andrei e os atacantes Vinicius e Val. E suspenso, já fora do duelo com o Santa, o meia Leandro Chaves.

 

Diante da leva de pendurados, reside a incerteza se o Potiguar vai com força máxima diante do Santa ou com time misto, preservando pelo menos a metade da equipe para a decisão com o América.

 

Lembramos que a final com o América é tão importante quanto o duelo com o Santa Cruz. Vencendo essa partida, combinado com tropeços de América e Globo (empate ou derrota), o alvirrubro estará na Copa do Brasil de 2020, com R$ 500 mil já garantidos, viabilizando o seu futebol na próxima temporada, além da possibilidade de decidir a final em casa e ainda com a vantagem do empate.

 

Tal combinação de resultados, no campo teórico, é confiável porque Palmeira e Assu, adversários de Globo e América respectivamente, têm objetivos na rodada e que objetivos! Ambos vão para o jogo de sua vida, pois uma derrota pode decretar o rebaixamento para a segunda divisão. E o Potiguar, com força máxima ou até mesmo preservando duas ou três peças, já demonstrou que pode devolver a derrota sofrida para o tricolor de Natal no jogo de ida, no 1º turno.

 

Mas se colocar time misto diante do elenco resumidíssimo, teoricamente seria reduzir de forma considerável as chances de carimbar passaporte para a Copa do Brasil já no domingo, além de suposta perda de vantagens – mando de campo e empate – na decisão do returno.

 

Poupar duas ou três peças pontuais do time titular por conta dos cartões, acreditamos ser uma medida equilibrada, cautelar. Do contrário, pondo um misto (entre 5 e 6 titular preservados),  é querer ir para “tudo ou nada” em uma suposta desvantagem na final com o América, desmerecendo o duelo anterior que poderá lhe valer meio milhão de reais.

 

Não estamos com isso tirando as possibilidades do Potiguar de superar mesmo um América jogando em casa e por empate, o time mossoroense já mostrou neste campeonato que pode vencer o Dragão nas atuais circunstâncias, em qualquer parte do planeta, mas jogar uma decisão fora de casa e ainda só com a alternativa da vitória, convenhamos ser tarefa mais complicada.

 

A problemática seria resolvida ou evitada se o Potiguar tivesse um elenco, pelo menos entre 5 e 6 peças de nível semelhante aos titulares (de momento, tem umas três), por isso paga por ter um time praticamente na conta do chá. Mas restará aguardar para saber se a equipe sairá ilesa dessa guerra por vitória na reta final do campeonato.

 

 

Foto Diego Simonetti

No jogo de ida, em Mossoró,  Santa Cruz de Gabriel Maia, comemorando gol, venceu o Potiguar por 2x0

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário