Opinião: Rodada decisiva deveria ser na segunda-feira

March 25, 2019

O campeonato não pode parar em função de uma só equipe. A ultima rodada da fase classificatória do 2º turno deveria ser na próxima segunda-feira, 1º, sem desmembramento de partidas, com todos os quatro jogos: Assu x América, ABC x Força e Luz, Globo x Palmeira e Santa Cruz de Natal x Potiguar. Todos no mesmo dia e horário devido ao caráter decisivo, pois em jogo estarão o rebaixamento e as vagas na decisão do 2º turno, bem como mando de campo.

 

A medida seria amarga para o ABC porque joga nesta quarta-feira com o Potiguar em jogo atrasado, no sábado pela Copa do Nordeste e na outra quarta pela Copa do Brasil, mas o aperto de uma partida para outra é inevitável devido ao calendário, o que obriga o time ter um elenco numeroso para dar de conta de três competições ao mesmo tempo. Não seria inédito, isso já ocorre no futebol de outros Estados quando se tem clube (s) disputando eventos de forma paralela.

 

E jogar no aperto, não é de hoje. Lembro da temporada de 2006, o Potiguar jogou numa quarta-feira pela Copa do Brasil contra o Santo André, na sexta-feira pelo Estadual contra o ABC, e no domingo voltou a campo também pelo Estadual, tudo isso na seguência de cinco dias. O intervalo de descanso de 72 horas foi jogado para escanteio. A Federação era presidida pelo atual presidente, José Vanildo, que deu de ombros com a reclamação do Potiguar, que ouviu dele, o astuto cartola, a justificativa do bendito calendário e que o campeonato caseiro não poderia ser prejudicado em função de uma “só equipe”.

 

Então, nada mais justo seguir a linha de raciocínio.

 

Mas como os pesos geralmente não são iguais no parâmetro entre um clube e outro, quando se leva os interesses e as decisões da federação potiguar, não seria surpresa essa ultima rodada ser “empurrada” para o dia 7 de abril, esfriando o já frio campeonato potiguar. O intervalo de tempo para maioria das equipes seria assim de 17 dias de “molho”. Só isso.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário