‘É o nosso clássico’, diz técnico sobre duelo contra o Assu

March 7, 2019

Historicamente, Potiguar x Assu é marcado por disputa renhida e equilibrada, independentemente de onde seja o local da partida, se no estádio Nogueirão (em Mossoró) ou no Edgarzão (na cidade de Assú). De tantas vezes que se enfrentaram a partir do Campeonato Estadual de 2002, ano marcado pela primeira participação do Assu na competição, apenas um ou outro confronto registrou vitória maiúscula, fácil, seja de um lado ou de outro.

 

Com a edição deste ano, já são três competições estaduais que o técnico Emanoel Sacramento vem comandando o time do Potiguar, o suficiente para ele atestar o quanto é complicado enfrentar o “Camaleão do Vale”. O treinador carioca vai mais além ao admitir que, com o afastamento do rival Baraúnas este ano, o confronto com o Assu passou a ser um jogo clássico da região.

 

“É o nosso clássico. Como o Baraúnas não está na competição, é o adversário (Assu) mais próximo. Então, é o clássico aqui do interior, e nós temos que encarar dessa maneira”, observou Sacramento. “E, desde já, convoco a torcida para incentivar e empurrar o nosso time para uma vitória”, completou.

 

O Assu ainda não venceu na competição, são sete empates e duas derrotas em nove partidas, envolvendo os dois turnos, o que torna, segundo o técnico do Potiguar, o jogo bem complicado, pois o adversário não medirá esforços para buscar a vitória e voltar à briga por vaga na decisão do returno.

 

“Espero que não seja contra a gente (a primeira vitória do Assu), por isso estamos tendo todo cuidado, preparando da melhor forma, para não sermos surpreendidos”, disse o treinador, que encara o duelo deste domingo como uma “decisão”, pois uma vitória mantém boas as chances de o Potiguar decidir o segundo turno, restando somente mais três rodadas.

 

TIME

 

Sobre o time, o meia Giovanni retornou ao posto de titular no treinamento desta quinta-feira, no campo da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA). Ele substituiu Wilson, lesionado. Sua presença também modifica, em tese, o esquema tático, com o time passando a atuar com três zagueiros, visto que Wallace foi recuado para a zaga. No entanto, Sacramento não confirmou esse sistema de jogo, afirmando que está fazendo teste.

 

Foto Marcos Garcia

Emanoel Sacramento encara o confronto de domingo como uma “final”

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário