Piso de 'terceira' revela a má fase do Pedro Ciarlini

O ginásio Pedro Ciarlini, interditado há mais de dois anos pelo Corpo de Bombeiros, passa por reforma para voltar ao seu funcionamento e, quem sabe, abrigar os Jogos Escolares da Juventude, no segundo semestre. No entanto, pelo que podemos apurar, a reforma não contempla melhorias no piso da quadra, atualmente de terceira qualidade colocado na gestão de Silveirinha.

Para quem já teve piso de taco flutuante com base nos padrões internacionais para competições de quadra, e se depara com o piso atual, trata-se de um grande retrocesso pela suntuosidade do ginásio, além do risco de passar vergonha por iminentes críticas em decorrência de prováveis eventos.

Foto Marcos Garcia

Ginásio Pedro Ciarlini, que custou quase R$ 5 milhões dos cofres públicos, está interditado pelo Corpo de Bombeiros