Potiguar recebe intimação e tem até sexta-feira para recorrer ao STJD

February 19, 2019

O Potiguar recebeu na tarde desta terça-feira, 19, a intimação do acórdão feito pelo Tribunal Justiça Desportiva (TJD/RN) do “Caso Sávio”. Agora, o clube mossoroense tem até sexta-feira, 22, para entrar com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD/RJ) na tentativa de recuperar os seis pontos perdidos no tribunal potiguar.

 

O advogado do Potiguar, Williams Segundo, reiterou a decisão do clube de encaminhar a ação para esfera nacional, o que deverá acontecer até quinta-feira. A defesa inscrita será a mesma já apresentada no TJD, mas a defesa oratória deverá ser feita por um profissional experiente e acostumado com casos semelhantes em julgamento no STJD.

 

O Potiguar quer recuperar os pontos por entender que não errou ao relacionar o atleta Sávio na partida contra o Palmeira e por considerá-los importantes para uma possível obtenção de vagas na Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro, de 2020.

 

ENTENDA O CASO

 

O protesto foi movido pelo Força e Luz, que denunciou o uso irregular do meia Sávio, mesmo no banco de suplência na partida de abertura do Campeonato Estadual, vencida pelo Potiguar sobre o Palmeira por 2x0 no dia 9 de janeiro. O clube de Natal se apoiou no regulamento especifico do Campeonato Estadual, que veda a participação de atletas menores de 16 anos nas partidas – Sávio tem 15 e completará 16 em abril deste ano. Em dois julgamentos, na 1ª Comissão e no Pleno, o TJD analisou favorável a ação do reclamante.

 

O reclamado, o Potiguar, entende que não errou e se defende com base nos regulamentos padrões do futebol brasileiro, como o Regulamento Geral de Competições da CBF, Lei Pelé e o Regulamento Nacional de Registro e Transferência de Atletas de Futebol. O placar apertado no Pleno do TJD por cinco votos a três, mesmo contrário, permite esperança ao clube mossoroense de reverter à situação no STJD.  

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário