Potiguar entra com série de recursos e até ameaça paralisar o Campeonato Estadual

January 29, 2019

O Potiguar entrou com uma série de recursos nesta terça-feira, 28, no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte (TJD/RN) a fim de tentar reverter à punição imposta em primeira instância. Os auditores julgaram procedente o recurso do Força e Luz, que alegou o uso irregular do atleta Sávio, tirando do clube mossoroense seis pontos. Agora, o caso será analisado pelo procurador do TJD para que ele se manifeste, decidindo pelo arquivamento ou encaminhamento do processo para devida apreciação do Pleno.

 

“Nossa defesa alega que o atleta Sávio estava em situação regular de jogo, devidamente inscrito em conformidade com o Regulamento Geral de Competições da CBF, Lei Pelé e o Regulamento Nacional de Registro e Transferência de atletas de futebol, pedindo assim a absolvição do clube e, caso esse não seja o entendimento dos julgadores do TJD, nós pedimos alternativamente que seja desclassificado do artigo 214, o qual nós estamos sendo denunciados, para o artigo 191, inciso 3, tendo em vista que o clube em nenhum momento agiu com dolo, má fé, e nem obteve vantagem com a escalação do atleta”, argumentou o advogado do Potiguar, Williams Segundo.

 

Convicto de que não errou, o Potiguar insiste em sua tese. Além da absolvição ou mudança do artigo disciplinar, o clube pede até a paralisação do campeonato caso a pena não seja reformada pelos auditores do Pleno do TJD.

 

“Nós requeremos em série de recursos a suspensão imediata da penalidade imposta e, caso não acolhida requeremos a suspensão do campeonato até que seja julgado o mérito do recurso e, também caso não seja acolhida a suspensão do campeonato, pedimos também que a competição seja declarada em sub judice, podendo ser revertido todo e qualquer resultado, inclusive uma possível final de turno, pois o nosso clube tem grandes chances de decidir esse turno, caso seja reformada a decisão da primeira instância”, informou o advogado alvirrubro.

 

Assim, Williams Segundo antecipa disposição do Potiguar em apelar para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, assim não obtenha êxito na justiça desportiva estadual.

 

ENTENDA O CASO

 

O atleta Sávio foi relacionado na partida de abertura do Estadual vencida pelo Potiguar sobre o Palmeira de Goianinha por 2x0 no dia 9 de janeiro. Ele não entrou, participou apenas no banco de suplência. O Força e Luz alega que o clube infringiu o regulamento do Estadual, que não permite o uso de atleta menor de 16 anos. Sávio irá completar 16 anos em abril.

 

Por sua vez, o Potiguar se sustenta em regulamentos padrões, tidos como superiores, além de mostrar algumas jurisprudências em caso semelhantes.

 

Foto: Divulgação

Williams Segundo entende que o Potiguar não desrespeitou ao ponto de ser punido severamente pelo TJD

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário