Sacramento avalia teste e projeta construção de identidade

December 31, 2018

O técnico do Potiguar, Emanoel Sacramento, avaliou como positiva a postura do time na vitória de virada sobre o Ferroviário/CE por 2x1, em amistoso realizado neste domingo, em Fortaleza. Ele usou duas formações diferentes em cada tempo de partida e enalteceu o trabalho de ambas.

 

“Foi um bom treinamento, os dois grupos desempenharam um grande papel, e isso nos dar confiança para o decorrer do trabalho”, comentou Sacramento em entrevista ao assessor de imprensa do clube, Yhan Victor.

 

O técnico alvirrubro fez uma análise do jogo, observando a atuação de cada time posto em campo:

 

“Os dois grupos se comportaram da mesma maneira, muito agressivo na hora da marcação e bem compacto. O primeiro grupo teve umas três chances de gol e duas ou três aproximações de ataque. Eles (adversários) tiveram duas chances para marcar em um primeiro tempo bem disputado. A segunda equipe logo que entrou sofreu um gol, mas logo conseguiu reagir. Tivemos dois contra-ataques fortes com Wilson, Marcelo, Jefinho e o Val, culminando nos dois gols da vitória”.

 

O time da segunda etapa, considerado reserva, teve atuação destacada de algumas peças, principalmente o meia-atacante Wilson, responsável pela assistência nos dois gols. Sacramento exaltou a atuação do atleta, mas lembrou que o mais importante foi a força coletiva.

 

“O time desempenhou um bom papel todo mundo junto, ele (Wilson) teve uma participação mais destacada por sua efetividade na hora dos gols, mas não só o Wilson, mas também o Marcelo que segurou bem a bola e ajudou na marcação, o Val teve uma atitude muito boa junto com o Jefinho; o Klinsmman segurou lá atrás; Mikael foi muito bem, e o Pedrinho, que é um menino, teve uma atuação excelente marcando o principal jogador do ataque deles. Então, é isso que a gente precisa, a atitude de todos os rapazes, claro que tem um ou outro que se destaca, mas a gente precisa ressaltar o desempenho coletivo, que foi muito bom”, ressaltou.

 

Foto: Ronaldo Oliveira - Ferroviário divulgação

 Primeiro tempo do amistoso contra o Ferroviário apresentou o time considerado titular

 

O técnico alvirrubro trabalha com a ideia de que o comprometimento tático precisa ser característica da sua equipe, bem como a determinação.  

 

“Tem que ser uma marca da equipe (determinação e o tático), uma identidade criada, para que possa permitir perspectiva de grandes coisas na competição”.

 

Sacramento ainda comentou sobre suas ideias e cuidados em organizar sua equipe e fez questão de ressaltar a importância de iniciar o trabalho, o que não aconteceu no passado, quando ele chegou com o “bonde andando” na competição caseira.

 

“Teve uma época que fui contestado onde se dizia que eu era retranqueiro, mas quando um técnico chega no meio do caminho é um pouco complicado (acontecer o trabalho/resultado), não que a gente queira culpar ninguém e nem dizer que somos melhores do que ninguém, mas a gente precisa arrumar a casa e entendemos que no futebol, é por deveras importante proteger lá trás, e o jogador brasileiro já tem em sua natureza a criatividade e o improviso, ou seja a vocação para atacar”, finalizou.

 

Foto: Marcos Garcia - Jornal de Fato

Emanoel Sacramento quer o seu time determinado e comprometido com o tático 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário