Triunfo Potiguar supera Serra do Mel e fatura a Copa Oeste

November 25, 2018

A seleção de Triunfo Potiguar é campeã da Copa Oeste de 2018. Com dois gols do atacante Jefinho, o time venceu a Serra do Mel por 2x1 na final realizada na noite deste sábado, 24, no Estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró.

 

Assim que o árbitro Gilson Diogenes encerrou a partida, os atletas fizeram a festa junto com a torcida dentro de campo. Muitos torcedores de Triunfo Potiguar vieram à Mossoró para acompanhar a final.

 

O jogo começou movimentado. Jefinho aproveitou o cruzamento para marcar, de cabeça. Em seguida, o meia Jefferson Thomas por pouco não ampliou o escore. O arremate tinha endereço certo, mas o zagueiro Denha salvou em cima da linha.

 

Não demorou, e o time da Serra empatou o jogo. Após escanteio, o atacante Danubio venceu a zaga adversária no alto, mandando a bola para as redes.

 

Com ataque rápido, os dois times seguiam buscando o gol. Na bola parada, Marcelo carimbou o poste de Triunfo Potiguar. Com a dupla Jefinho/Jefferson, municiado pelo meia Thiago Potiguar, Triunfo também assustava à meta do goleiro Maykon.

 

Na segunda etapa, a estrela de Jefinho voltou a brilhar. Novamente usando a cabeça, o atleta aproveitou escanteio e venceu Maykon, fazendo o que seria o gol do título.

 

                                                                                                                                                                                                                                                                 Foto: M Santos

 Atletas de Triunfo Potiguar comemoram título após vencerem Serra do Mel por 2x1, neste sábado, no Estádio Nogueirão, em Mossoró

                                                                                                                                                                                                                                                               

                                                                                                                                                                                                                                                               

Serra do Mel foi para cima na tentativa do empate. Por sua vez, Triunfo buscava o contra-ataque e quase ampliou o placar com Jefferson Thomas.

 

Faltando 10 minutos para o fim da partida, Serra do Mel exerceu pressão forte e para a sorte de Triunfo, a bola beijou a trave no cabeceio do atacante Adeílson, que havia entrado no posto de Danubio.

 

A trave de Triunfo voltou a salvar, o que seria o gol de empate novamente em um cabeceio, desta vez do zagueiro Denha.

No contra-ataque, o meia Thiago Potiguar teve a chance de fazer o terceiro gol, mas o arremate saiu fraco, facilitando a defesa de Maycon.

 

Era praticamente o ultimo lance e a vitoria de Triunfo Potiguar estava decretada para a satisfação dos atletas, membros da comissão e da torcida. Assim, o grito de “é campeão...” ecoou no estádio.

 

Na solenidade de entrega da premiação, o capitão Nildo recebeu a taça de campeão, Thiago foi considerado o melhor goleiro do campeonato e Jefinho ganhou o troféu de principal artilheiro, com 13 gols.

 

 

FICHA TÉCNICA

 

Local – Estádio Nogueirão

 

Juiz – Gilson Diógenes

 

Renda e publico – Não fornecidos  

 

 

Triunfo Potiguar (2)

 

Thiago, Galego (Jaílson), Nildo, Alemão e Roldão Neto; Marcos Antonio, Hugo (Fabiano), Breno (Isac), Jefferson Thomas (Luiz Henrique)  e Thiago Potiguar (Elismar); Jefinho. Técnico Márcio Cardoso

 

Serra do Mel (1)

 

Maykon, Wallace (Diego), Damião e Denha (Renato); Cosme, Didi (Jonathan), Clebinho, Renan Potiguar (Jefferson) e Anailson; Marcelo e Danúbio (Adeílson). Técnico Rogério Justino.

 

                                                                                                                                                                                                                                                                Foto: M Santos

Jefinho recebeu de Lenilson Silva, coordenador da competição, o troféu de principal artilheiro da Copa Oeste. Ele terminou com 13 gols

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017  - Todos os direitos reservados a Marcos Santos. Orgulhosamente criado com Wix.com

Espaço publicitário